sábado, 3 de abril de 2010

O melhor time do Brasil em 2010

Silas comanda o melhor time do futebol brasileiro em 2010
Foto: Lucas Uebel / Preview.com/Gazeta Press


O melhor time do Brasil em 2010 não tem o brilho do santista Neymar, não tem um ataque badalado como o Flamengo e nem um treinador caro como Mano Menezes. É do Grêmio o maior aproveitamento do futebol brasileiro em 2010: 87,03% em 18 jogos.

Em uma incrível sequência de 12 vitórias seguidas, o Grêmio de Silas repetiu o feito do Atlético-PR no início de 2008, quando atingiu o mesmo número de triunfos. Nos últimos três anos, só gremistas e atleticanos conseguiram vencer tantos jogos consecutivos entre clubes da Série A.

No total, são 15 vitórias e dois empates do Grêmio em 2010 - a única derrota foi no Gre-Nal de Erechim, em 31 de janeiro. A equipe já levantou um troféu: a Taça Fernando Carvalho, referente ao primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Ferdinando, criticado pela proximidade com Silas, marcou o único gol da decisão contra o Novo Hamburgo.

A equipe não se destaca por um ataque poderoso: marcou 42 vezes em 18 jogos, o que significa o quinto melhor índice entre os clubes da Série A. O sistema defensivo também fica na média: 17 gols sofridos no ano, a sexta melhor média entre os 20 times do levantamento.

Individualmente, o principal jogador do ano é Jonas. Reserva no início da temporada, ele se tornou imprescindível e soma oito gols e oito assistências, segundo o Footstats. O grande goleador, hoje lesionado, é Borges: 11 gols em 12 partidas.

A revelação é Maylson, que marcou quatro gols nos últimos quatro jogos e soma cinco em todo o ano. Outro destaque é o ex-corintiano Douglas, que participou de 10 partidas e venceu todas.

Montado em cima de um quarteto de ex-são-paulinos, o Grêmio viu essa base se perder já no início do ano e todos tiveram problemas de contusão. Souza e Leandro só jogaram quatro partidas, enquanto Hugo foi aproveitado em 10 e Borges em 12.

Confira os destaques do Grêmio no Footstats*:

Mais advertidos - Mário Fernandes e Adílson - 5 amarelos
Ladrão de bola - Mário Fernandes - 5,5 desarmes por jogo
Driblador - Jonas - 2,4 dribles por jogo
Mais faltoso - Mário Fernandes - 2,38 por jogo
Mais caçado - Jonas - 3,19 faltas recebidas por jogo
Finalizador - Jonas - 4,1 arremates por jogo
Passador - Edílson - 46,8 passes por jogo

* Relativo apenas ao Campeonato Gaúcho


Dassler Marques

Nenhum comentário: