terça-feira, 3 de junho de 2008

Jardel é recebido com festa em Porto Alegre

Centroavante chega para treinos físicos querendo ser exemplo de luta contra as drogas.
Parecia que o Grêmio tinha recontratado um dos maiores centroavantes da sua história. Mário Jardel Almeida Ribeiro chegou a Porto Alegre por volta das 12h30min desta terça-feira e foi recebido com festa por torcedores, que levaram faixas ao Aeroporto Salgado Filho, cantaram o nome do ídolo e tiraram fotos, como se ele estivesse de volta ao time. Aos gritos de "Ão, ão, ão, acorda, direção!", os gremistas lembraram de pedir a contratação do atacante, negada recentemente pelo presidente Paulo Odone.
Aos 34 anos, o jogador cearense inicia um período de avaliação física com um grupo de professores da UFRGS, que elaboraram um projeto especial para ele. Ele vai se hospedar em um hotel da Capital e treinar na Escola Superior de Educação Física (Esef), para recuperar a forma. De acordo com seu empresário, está com 89 kg, cerca de dois e meio acima do seu peso ideal. Jardel também precisa ganhar força e massa muscular.
Após recusar proposta do Santa Cruz, de Pernambuco, o centroavante despista sobre seu destino:

"Eu vim para trabalhar
(a parte física). Posso ir para o Grêmio, para o Flamengo, para qualquer clube. O mais importante é eu ficar bem. O futuro a Deus pertence".

"Jardel nega que a viagem a Porto Alegre seja uma forma de se aproximar do seu ex-clube.
Tenho um carinho muito grande pelo Grêmio. Posso voltar um dia, mas só quando estiver muito bem fisicamente. É maravilhoso esse carinho da torcida. Não vim aqui para me oferecer ao Grêmio. Dei aquelas declarações dizendo que gostaria de jogar aqui, mas a prioridade é me recuperar", garante.

Na chegada, o goleador tratou de encerrar o assunto que criou ao revelar, na mesma entrevista em que manifestou interesse pelo Grêmio, que foi viciado em cocaína. Disse apenas que quer servir de exemplo na luta contra as drogas.
Agora, ele prevê estar pronto para jogar entre cinco e sete semanas. Conta que está treinando há 20 dias e perdeu quatro quilos em Fortaleza. E planeja jogar profissionalmente mais quatro anos, até os 38.

"O Túlio está com 39, fazendo gol, porque eu não posso fazer?", sorri, para em seguida passar a dar autógrafos e agradecer a presença dos torcedores.

Fonte:Amauri Knevitz Jr

Nenhum comentário: