quarta-feira, 7 de maio de 2008

Roth: "Pressão vem da imprensa"

Em uma longa entrevista coletiva no início da noite desta terça-feira, na sala de conferências do estádio Olímpico, o técnico Celso Roth criticou a imprensa em uma longa resposta quando questionado sobre como considera sua situação perante a torcida.
“Tenho a minha metodologia e o meu jeito de ser. E assim continuarei. Estou em uma absoluta tranqüilidade para trabalhar e ter minhas convicções. Não é a opinião dos outros que vai me fazer mudar. Principalmente dos profissionais da imprensa, que eu respeito muito. Mas é aquela coisa, ‘bate’ todo dia que o torcedor acaba acreditando e tendo esse tipo de comportamento. E a gente tem que saber disso se não, não pode trabalhar no futebol”, destacou o treinador.
“Se eu fosse me importar com a opinião das pessoas eu não teria o procedimento que tenho, de pretenso equilibrado que sou. Tenho minha vida absolutamente normal e minha família está fora dessa situação profissional. A falta de conhecimento, e essa repetição diária de certas coisas que não existem a meu respeito, fazem com que as pessoas acabem acreditando”, completou.
Sobre futebol, o comandante gremista acredita que a motivação para enfrentar o São Paulo será diferente por se tratar de um jogo oficial.
“Estamos em uma situação muito ruim, vendo os outros jogar e não jogando. Hoje já notamos uma mudança nos jogadores. A ansiedade, que é normal, começa a tomar conta”.

Um comentário:

snoopy disse...

andrézão,
ele não deixa de ter razão...
mas é fato que lhe falta qualidade para dirigir uma grande equipe como o grêmio.

abração!