quinta-feira, 10 de abril de 2008

Grêmio (3) 2x1 (4) Atlético-GO

O Grêmio venceu o Atlético-Go, por 2 a 1, no tempo regulamentar, na noite desta quarta-feira, no estádio Olímpico, mesmo placar do primeiro jogo, mas na decisão por pênaltis Tadeu e Perea erraram as cobranças e o tricolor acabou sendo desclassificado da Copa do Brasil. Apesar de ter um rendimento suficiente para vencer o time goiano, o Grêmio não conseguiu fazer o placar necessário para a classificação e acabou fora da competição.
O jogo
Aos sete segundos, Tadeu passou para Perea, que cabeceou da entrada da área, mas o goleiro Márcio fez a defesa. Aos três minutos, Roger invadiu a área pela direita de ataque e foi derrubado por Robston. Na cobrança, aos quatro minutos, o meia chutou no canto esquerdo e abriu o placar. Grêmio 1 a 0.
Após o gol, o Atlético passou a atacar, mas não conseguia finalizar com chance clara de gols. Aos nove minutos, Anaílson cruzou com perigo, Marcelo Grohe se antecipou aos atacantes e fez a defesa. Aos 15min, Tadeu recebeu pela direita de ataque, ajeitou a bola e chutou forte, mas pela linha de fundo.
Aos 19min, o goleiro Márcio cobrou falta no ângulo e empatou o jogo. Grêmio 1 a 1 Atlético-Go. Um minuto depois, Paulo Sérgio recebeu lançamento pela direita de ataque e cruzou. Roger, por pouco, não volta a colocar o tricolor na frente do placar. No contra-ataque, Ari foi à linha de fundo e cruzou para Adriano Magrão. O atacante tirou o marcador e chutou. Marcelo Grohe fez a defesa. No lance seguinte, Tadeu arriscou uma bomba e Márcio fez grande defesa.
Aos 25min, Tadeu recebe lançamento pela direita de ataque, livre, invadiu a área e chutou. Mais uma vez o goleiro do Atlético fez grande defesa. Um minuto depois, Ari tabelou com Juninho, entrou na área, mas chutou fraco para fora. O Grêmio tinha dificuldades na armação do meio de campo e nas combinações de jogadas pelas laterais, por isso, tinha dificuldades de armar jogadas para os atacantes finalizar com qualidade.
Tadeu perdeu mais uma boa oportunidade para colocar o tricolor na frente do placar, aos 29min, quando Paulo Sérgio cruzou da direita e o atacante desviou de cabeça para fora. Dois minutos depois, Roger passou com o peito para Paulo Sérgio. O lateral chutou rasteiro e Márcio fez a defesa em dois tempos. Até os 30 minutos, o Grêmio tinha o domínio das ações ofensivas e criava jogadas de ataque em uma partida disputada com muita movimentação de ambas as equipes, mas o Atlético-Go levava perigo usando a velocidade nos contra-ataques.
Aos 34min, Hidalgo cruzou no segundo poste e William Magrão, na frente do goleiro e sem marcação, cabeceou para fora. O Grêmio seguiu insistindo, mas sem conseguir criar chances de gol. Aos 41, Paulo Sérgio cruzou da intermediária para Perea. O colombiano desviou de cabeça, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Dois minutos depois, Lindomar cruzou da direita, Gilson recebeu no meio da área e chutou. Pereira, em cima da linha, evitou o segundo gol dos goianos.
No retorno para a segunda etapa, nenhuma das equipes alterou a formação original. A exemplo do primeiro tempo, o Grêmio iniciou pressionando o adversário e criando oportunidades para passar no placar, mas tinha dificuldades com as finalizações. Na primeira jogada, Paulo Sérgio cruzou para Tadeu, mas Márcio se antecipou ao atacante e tocou para a linha de fundo.
Em um contra-ataque, aos sete minutos, Lindomar recebeu passe de Juninho e chutou de fora da área próximo ao poste superior de Marcelo Grohe. Depois de muita pressão e jogadas ofensivas com finalizações erradas, aos 15min, Hidalgo bateu da esquerda, a bola passou na frente da goleira e William Magrão colocou o pé para empurrar para o fundo das redes. Grêmio 2 a 1.
No reinício de partida, Perea recebeu passe dentro da área e chutou. Márcio, mais uma vez, fez importante defesa. Mas aos 22min, depois de um cruzamento dentro da área, Adriano Magrão ajeitou de cabeça para Juninho, que chutou nas mãos de Marcelo Grohe. Um minuto depois, Ari chutou e Grohe fez importante defesa. No rebote, Juninho chutou e mais uma vez o goleiro gremista salvou o tricolor.
Após o gol do Grêmio e a saída de William Magrão, cansado, o Atlético-Go voltou a pressionar, mas não conseguia finalizar as jogadas ofensivas com chances de gols. Enquanto isso, o tricolor se aproveitava dos espaços para tentar. Aos 33min, após cruzamento do lado direito de ataque, Adriano Magrão cabeceou no poste de Marcelo Grohe, a bola picou no chão e o goleiro fez a defesa.
Um minuto depois, Paulo Sérgio cruzou da direita, Tadeu se antecipou ao marcador e cabeceou. Márcio saltou e espalmou a bola que tinha a direção do ângulo. Na cobrança de escanteio, Jean cabeceou pela linha de fundo.
Aos 38min, Junior lançou Perea nas costas da defesa. Quando o colombiano conseguiu dominar a bola, estava sem ângulo, e chutou na rede pelo lado de fora. Três minutos depois, Pituca arriscou chute e Grohe fez mais uma defesa segura. Aos 46min, Junior chutou da entrada da área e Márcio fez a defesa. O Grêmio ainda pressionou nos dois últimos minutos, mas a decisão foi para os pênaltis.
Decisão por pênaltis
Nos pênaltis, Tadeu e Perea erram as cobranças e os goianos acertaram os quatro que precisaram cobrar. Com a derrota, o Grêmio acaba desclassificado da Copa do Brasil.

Ficha técnica:

Grêmio
Marcelo Grohe; Paulo Sérgio, Leo, Pereira (Jean) e Hidalgo (Jonas); Eduardo Costa, William Magrão (Júnior), Rafael Carioca e Roger; Tadeu e Perea.
Banco de reservas: Matheus, Felipe Mattioni, Julio dos Santos e Rafael Martins.
Técnico: Celso Roth

Atlético-Go
Márcio; Ari, Rafael, Gilson e Julinho; Pituca, Robston, Lindomar e Anaílson (Pedrinho); Adriano Magrão e Juninho (Rivaldo)
Técnico: Zé Teodoro
Gols:
Grêmio - Roger (4min/1ºT) e William Magrão (15min/2ºT)
Atlético-Go - Márcio (19min/1ºT)

Cobrança de pênaltis:

Grêmio 3 x 4 Atlético

- Gol - Roger, com paradinha, chutou no canto esquerdo e Márcio saltou para o lado direito
- Gol - Lindomar chutou a meia altura no lado direito, Grohe foi, mas não pegou
- Errou - Tadeu chutou rasteiro no canto direito e Márcio pegou
- Gol - Ari cobrou no angulo direito, Grohe foi na bola, mas não alcançou
- Gol - Paulo Sérgio chutou no lado esquerdo, Márcio pulou para o canto direito
- Gol - Juninho chutou no canto esquerdo, Grohe por pouco não pegou
- Gol - Eduardo Costa chutou rasteiro no canto esquerdo
- Gol - Goleiro Márcio, com paradinha, chutou rasteiro no canto esquerdo
- Errou - Perea desperdiçou o pênalti. Atlético-Go classificado

Cartões Amarelos:
Grêmio: Paulo Sérgio, Hidalgo
Atlético-Go: Ari, Rivaldo

Data: quarta-feira, 9 de abril de 2008
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Público Total: 29.847
Renda: R$271.298,00
Horário: 21h45min

Árbitro: Guilherme Cereta de Lima (SP)
Auxiliares: Claudemir Maffessoni (SC) e Angelo Rudimar Bechi (SC)

Nenhum comentário: