quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Demissão do ténico Mancini?

Os principais dirigentes do Grêmio, o presidente Paulo Odone, o assessor de Futebol, Paulo Pelaipe e o diretor executivo do futebol Rodrigo Caetano estão com os telefones desligados neste momento e ainda não se pronunciaram sobre a possível demissão do técnico Vagner Mancini. Mancini, que estaria deixando o clube, e Celso Roth, possível novo treinador do tricolor, também mantém os celulares desligados. Isto mostra uma total falta de coerência dos mandatários do futebol gremista que vão demitir Mancini, um técnico com futuro e com um passado no clube, passado este vencedor, por um técnico, se for Celso Roth, burocrático e retranqueiro.
Mancini deve ter tido algum problema depois do jogo com o diretor Paulo Pelaipe, nas entrevistas ficou claro a insatisfação do técnico com a falta de qualidade dos jogadores que reforçaram o grupo. Por outro lado o diretor de futebol, Paulo Pelaipe reclamou publicamente da atuação do time. Quem paga o pato é a torcida, como sempre.

2 comentários:

CALIGULA disse...

Es cierto. Este tipo de decisiones incumben a toda la hinchada y debieran hacerse públicos.

Saludos de Buenos Aires.

André disse...

Quanto tempo amigo Caligula, vou dar uma passada assim que de lá no teu blog, abraço hermano