quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Reforços podem vir do exterior

Ao justificar a dispensa do volante paraguaio Gavilán, o assessor do departamento de futebol do Grêmio, Paulo Pelaipe, indicou que vai buscar reforços no exterior . E as novas contratações não são especificamente de jogadores brasileiros que estão atuando lá fora, mas sim de atletas nascidos em outros países. Pelaipe explicou a saída de Gavilán pelo fato de ter duas boas opções para a função de primeiro volante.
"Nós temos o Eduardo Costa e o Wiliam Magrão para a função de primeiro volante. Temos um estrangeiro que é o Hidalgo e queremos completar as outras duas com jogadores mais ofensivos" - afirmou o dirigente.
Em 2007 o Grêmio teve quatro estrangeiros no seu elenco.
Além de Gavilán, que acertou com o Flamengo, contou com o goleiro argentino Saja, que foi devolvido ao San Lorenzo, o lateral-direito Bustos, que voltará ao Cúcuta, da Colômbia, e o peruano Hidalgo, lateral-esquerdo, que é o único que deverá permanecer.

Nenhum comentário: