quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Dinheiro, reforços e saída de Saja


O Grêmio terá acesso aos R$ 32 milhões referentes às vendas do volante Lucas ao Liverpool, da Inglaterra, e do meia Carlos Eduardo ao Hoffenheim, da Alemanha. A 2ª Turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região decidiu nesta terça-feira, por unanimidade, suspender a medida cautelar da Justiça Federal que determinava o bloqueio do dinheiro, em função de ação da União contra o clube gaúcho.O valor auxiliará o clube no pagamento de dívidas. Cerca de 30% (aproximadamente R$ 9,6 milhões) deve saldar compromissos com credores. Parte do dinheiro também deve ser utilizada no abatimento do déficit orçamentário mensal, que varia de R$ 800 mil a R$ 900 mil. O restante, sim, viabilizará contratações para 2008.

Peter e Soares
Não há mais obstáculos para que o atacante Soares atue no Grêmio em 2008. Nesta terça-feira, em entrevista à Rádio Gaúcha, o técnico do Fluminense, Renato Portaluppi, disse que aceita liberar o jogador. E a direção deve acertar hoje com Peter, meia do Figueirense.

"Como sou gremista, faço questão de que ele jogue aí" disse Renato.

Natural de Manaus, Soares também vibra com a troca de clube. Admite que a contratação do centroavante Washington pelo Fluminense reduz seu espaço no Rio.

"Se dependesse só de mim, já estaria aí" destacou.

Ao mesmo tempo em que concordava com a liberação de Soares, Renato disse ser difícil a saída do meia Cícero, outro nos planos do Grêmio. O técnico Vagner Mancini chega nesta quarta-feira. À tarde, concede sua primeira coletiva. Antes, na reunião com os diretores Paulo Pelaipe e Rodrigo Caetano, ficará sabendo que o goleiro Saja não ficará. Também é difícil a permanência do meia Kelly. Mesmo com contrato até agosto, o centroavante Marcel também não tem presença certa no grupo de 2008. Jornais portugueses informaram que o Benfica, dono de seus direitos federativos, pode repassá-lo a outro clube. Reserva no Figueirense, Peter tem 24 anos e marcou seis gols no Brasileiro deste ano, um deles sobre o próprio Grêmio. Meia ofensivo, o jogador espera ser apresentado até o final da semana e afirma estar "motivado para vestir a camisa tricolor".



Saja
O goleiro argentino Saja voltará para o San Lorenzo e não defenderá o Grêmio na próxima temporada. A diretoria tricolor não chegou a um acordo com o clube de Buenos Aires. O presidente Paulo Odone queria manter Saja no Olímpico mediante empréstimo já que o contrato do jogador termina no final do ano. Mas o San Lorenzo exige o pagamento dos R$ 2,7 milhões e considerou muito baixa a oferta feita pelo Grêmio para a renovação. Saja já imaginava que não ficaria em Porto Alegre, tanto que sua filha fez uma festa de despedida para os amigos. Com o Grêmio, o goleiro ficou menos de um ano no Brasil. Foi campeão gaúcho e vice da Libertadores. Na reta final do Brasileirão, ele sofreu uma lesão no ombro, contra o Figueirense, e ainda se recupera de uma cirurgia. O titular no gol tricolor no início da temporada deve ser Marcelo Grohe. O Grêmio procura um novo goleiro, já que Galatto, que também tem contrato até o final do ano, não deve ficar no time. Tiago, da Portuguesa, foi descartado pela diretoria gremista.

2 comentários:

CALIGULA disse...

Amigo: debo decirte que teneis linkeado un BLOG TRUCHO (La pelota cobra vida) que es copia malograda del nuestro LA PELOTA NO DOBLA.

Por favot tenga a bien quitarlo de la lista de links.

Solo con verlo se dara cuenta de la copia.

La blogosfera deportiva se autodepura.

Obrigado.
Saludos porteños.

André disse...

Realmente um clone!