sábado, 29 de dezembro de 2007

Apoio incondicional

No Grêmio há unanimidade quanto a um fator que é considerado fundamental para os bons resultados que o time vem alcançando nas últimas temporadas, desde o retorno à série A do futebol brasileiro, Esse fator é a participação de sua torcida. A média de público nos jogos em que a equipe atuou como mandante neste 2007 foi de 25 mil torcedores e o sonho é aumentar esse número ou, pelo menos, mantê-lo.
Nesta temporada foram três as competições das quais o clube participou. O Campeonato Gaúcho, a Libertadores da América e, por fim, o Campeonato Brasileiro. No estadual o número de assistentes foi menor, na Libertadores o melhor, superior a 40 mil pessoas.

Gauchão
Em 10 jogos como mandante no Gauchão - sendo que dois jogos foram excepcionalmente disputados na praia de Cidreira, no litoral norte do Estado - a média de publico a apoiar o time tricolor ficou em 15.264 torcedores. A renda por jogo ficou em R$ 169.217,00 e o Grêmio acabou campeão.

Libertadores
Na Libertadores da América, competição na qual foi à final, perdendo o jogo decisivo em casa para o Boca Juniors, o time realizou sete apresentações no estádio Olímpico, com a espetacular média de 42.671 gremistas em cada uma delas. As bilheterias arrecadaram R$ 1.025.590,00 e o público recorde ocorreu nas oitavas-de-finais, diante do São Paulo, quando 46.650 torcedores lotaram o estádio Olímpico.

Brasileirão
Finalmente, no Brasileirão, a média dos 19 jogos disputados em casa ficou em 24.268 torcedores, para uma renda de R$ 311.597,00. Com isso, a temporada de um total de 36 partidas como mandante registrou a média exata de 25.345 torcedores e R$ 410.879,00 de renda.

Nenhum comentário: