sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Vagner Mancini é o técnico do Grêmio

O substituto de Mano Menezes é conhecido desde ontem, segundo informação do site zerohora.com.
Trata-se do paulista Vagner Mancini, 41 anos, desde maio no Al-Nasr, dos Emirados Árabes e um discípulo de Felipão. Por determinação do presidente Paulo Odone, o anúncio só ocorrerá depois da partida contra o Corinthians, domingo.
Confirma-se, assim, a tradição do Grêmio de investir em técnicos em início de carreira. Foi assim com Luiz Felipe Scolari, em sua primeira passagem, em 1987, Adilson Batista, em 2003, e Mano Menezes, em 2005.

"O treinador está contratado, mas só será anunciado após o jogo contra o Corinthians", esquivou-se ontem o diretor de futebol, Paulo Pelaipe.

Ex-jogador do Grêmio em 1995, Mancini começou como técnico em 2004, no Paulista, de Jundiaí.
No ano seguinte, conquistou a Copa do Brasil sobre o Fluminense de Abel Braga.

"Foi o jogador mais importante do título gaúcho de 1995. Era o capitão do Banguzinho, atleta de alto nível, tanto pessoal como profissional. Tenho certeza de que dará certo", entusiasma-se o ex-presidente Luiz Carlos Silveira Martins, o Cacalo, que trouxe Mancini no ano do bi da América.
Em 2005, quando a campanha do Grêmio na Série B começou a desandar, Mancini, campeão da Copa do Brasil semanas antes, foi cogitado para o cargo de técnico. Na ocasião, a direção manteve Mano no comando.
Mancini seguiu no Paulista, colocou o time em quinto lugar na Série B de 2006 e na sexta posição no Paulistão deste ano. Depois de três anos, deixou o clube e assumiu o Al-Nasr nas últimas quatro rodadas da Liga dos Emirados Árabes da temporada 2006/2007. Saiu de férias em julho com contrato assinado até 2009.
Al-Nassr
"Nossa pré-temporada foi na Itália. Na volta para Dubai, minha mala se extraviou e perdi dois celulares com contatos telefônicos importantes. Até agora, não localizei", contou Mancini, aos risos.
A história das malas foi apenas uma tentativa de despiste de Mancini. No sábado, ele comanda o Al-Nasr contra o Al-Shabbab e se despede da vida árabe.

Quem é o escolhido
Vagner Carmo Mancini
- Idade: 41 anos (Ribeirão Preto-SP, 24/10/1966)
- Clubes como jogador: Guarani-SP, Noroeste, Paulista, Grêmio, Portuguesa, Ponte Preta, Bragantino, Ceará, Ituano. Também jogou no futebol japonês
- Clubes como técnico: Paulista (2004 a 2007) e Al-Nasr (2007)
Como ele foi no Paulista
Assumiu em 17/5/2004 e permaneceu até 29/4/2007.

Foi campeão da Copa do Brasil de 2005.
Os números
63 vitórias
39 empates
51 derrotas
248 gols a favor
220 gols contra
Como ele foi no Al-Nasr
8 jogos
3 vitórias
3 empates
2 derrotas

Um comentário:

Diego Louzada disse...

Apareceu bem no Paulista com o título da Copa do Brasil. Essa estratégia de contratar técnicos em início de carreira considero boa, já que eles chegam com muita vontade de mostrar seu valor. Desejo sorte a ele e ao Grêmio em 2008.
abraços.