sábado, 3 de novembro de 2007

Grêmio x Figueirense

Considerando o fraco desempenho tricolor nas partidas fora de casa neste Campeonato Brasileiro, somente a vitória sobre o Figueirense neste sábado, a partir das 18h10min, no Olímpico, serve para que o time continue na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2008.

Atualmente na 6º colocação com 54 pontos, um triunfo sobre a equipe catarinense somado a tropeços de pelo menos dois destes times: Cruzeiro, Palmeiras e Flamengo, recolocam o Tricolor na zona de classificação ao torneio sul-americano. No domingo, enquanto mineiros e cariocas fazem um confronto direto em Belo Horizonte, os paulistas vão até Recife enfrentar o Sport.

Após a derrota em Curitiba e a pancadaria generalizada que marcou o fim da partida contra o Atlético-PR, a ordem no vestiário gremista é esquecer o passado e pensar exclusivamente nas quatro rodadas finais da competição.

E para este primeiro desafio, o técnico Mano Menezes não poderá contar com Tcheco e Tuta. O meia e capitão foi expulso por reclamação na Arena da Baixada e desfalcará o meio campo. Para o seu lugar especula-se a entrada de Marcelo Labarthe ou Anderson Pico, que retorna depois de cumprir suspensão. Já o centroavante sentiu dores musculares ainda no Paraná, não se recuperou, e será substituído por Jonas. A outra modificação fica por conta da lateral esquerda, onde Hidalgo começará jogando após se recuperar integralmente de uma cirurgia no menisco. O jogador peruano há havia entrado na segunda etapa contra o Atlético-PR. Desta forma, Bustos, que fora improvisado no setor, retorna para o lado direito e Patrício fica como opção no banco. -

O adversário
Para este confronto o técnico Alexandre Gallo terá o desfalque do lateral-esquerdo André Santos, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. O zagueiro Edson, fica a disposição, após cumprir suspensão no último jogo, pelo mesmo motivo. Com duas derrotas consecutivas nas últimas rodadas, o Figueirense caiu para a 13ª colocação, e com 45 pontos está a apenas quatro da zona do rebaixamento. Na última quarta-feira, a equipe catarinense perdeu por 2 a 0 para o Fluminense, em casa. No fim de semana passado havia sido derrotada pelo Corinthians (2 a 1), em São Paulo.

História
Grêmio e Figueirense já se enfrentaram 18 vezes. O confronto é bastante equilibrado, o time gremista tem sete vitórias, dois empates e nove derrotas. Pelo Campeonato Brasileiro foram disputadas 11 partidas, com vantagem também para os catarinenses, que venceram em seis oportunidades, contra quatro dos gaúchos, além de um empate. A média é de 2,5 gols por jogo, com 14 gols anotados por cada agremiação. O primeiro e o último confronto foram realizados no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Em 23 de setembro de 1973, quem obteve a vitória foi o time gaúcho (2 a 0), com gols de Alcino e Nélson, contra. Na 16ª rodada do certame nacional deste ano, no dia 2 de agosto, o vencedor foi o Figueirense, que aplicou 1 a 0, com gol de Peter, aos 41 minutos do segundo tempo.

Campeonato Brasileiro 2007
35ª rodada
Grêmio x Figueirense
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: sábado, 3 de novembro de 2007
Horário: 18h10min
Árbitro: Evandro Rogério Roman
Assistentes: Gilson Bento Coutinho (PR) e José Amilton Pontarolo (PR)

Grêmio
Saja; Bustos, William, Léo e Hidalgo; Eduardo Costa, Sandro Goiano, Diego Souza e Marcelo Labarthe (Anderson Pico); Marcel e Jonas.
Técnico: Mano Menezes

Figueirense
Wilson; Chicão, Felipe Santana e Asprila; Ruy, Diogo, Carlinhos, Fernandes e César Prates; Thiago Gentil e Otacílio Neto.
Técnico Alexandre Gallo

Nenhum comentário: