sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Fanatismo exagerado


Lembro que quando guri, menino, jogava futebol lá no campinho do Patussi, em Passo Fundo, interior do Rio Grande do Sul. Pois bem, naquela época jogávamos todos os dias, exceto em jogos da Seleção, Grêmio ou Inter, pois metade do time ou era de gremistas ou colorados. A Seleção, então nem se fala, até em jogos-treinos acompanhávamos pela televisão, torcíamos por jogadores gaúchos que tinham sido convocados e não havia jogadores que jogavam fora, na europa, o Zico, acho que era o único, jogava na Udinese, se não estou enganado. Naquela época eram transmitidos os coletivos na Granja Comary, isso foi lá nos anos 80, antes da Copa do México.

Pois bem, de lá para cá não houve mais este tipo de transmissão e a Seleção perdeu muito de sua identidade, ou melhor, o torcedor perdeu sua identidade com ela, mas estou surpreso com a transmissão do canal esportivo Sportv do treinamento do Corinthians nesta sexta-feira, direto do estádio do Inter. Só tenho uma palavra na cabeça para isso: Fanatismo

O Corinthians conseguiu, por méritos, superar a Seleção Brasileira, e mais do que isso, conseguiu dobrar um canal de televisão pago ou o responsável pelo canal é corintiano. Paguei pela primeira vez para assistir um treino do Corinthians, eu e todos os assinantes do Sportv. Que treino emocionante foi esse, ver o Zelão, Heverton, Vampeta, o dirigente que disse que a camisa jogava sozinha,..., foi um show de bola, no Beira Rio.

Por estas e outras é que estou começando a dar razão a quem está torcendo para que o Corinthians caia e mais do que isso, que dê sua parcela de contribuição ao futebol brasileiro, que engrandeça a Série B, dando um glamour a ela e principalmente faça a “Toda poderosa” da televisão a ter que transmitir jogos da Série B, até treinos da B se ela quiser, seria um ótimo castigo a quem tenta enfiar goela abaixo um produto perecível, como o Corinthians. Deviam respeitar os torcedores, todos os torcedores do Brasil e isso, hoje em dia é um privilégio, exclusivamente, para corintianos. Por favor.

2 comentários:

Wilson Hebert disse...

Andre, você pode até achar que é mentira minha, mas as vezes eu fico cheio de ver falarem do flamengo na televisão (dizem que flamengo e corinthians são protegidos). Toda vez que Flamengo ou Corinthians passam por uma crise, todos os diretores de veículos de comunicação que fale de futebol, devem ter orgasmos. É impressionante. Por isso que eu digo para meus companheiros de classe: a midia brasileira ainda tem muito a evoluir.

André disse...

Muito mesmo.