sábado, 6 de outubro de 2007

Palmeiras 2x0 Grêmio

O Grêmio entrou em campo neste sábado diante do Palmeiras disposto a conseguir um bom resultado no Parque Antártica. Entretanto, sem a presença de Tcheco, e com a entrada de Thiego na lateral-esquerda, o time do técnico Mano Menezes acabou sendo derrotado por 2 a 0. Os gols do alviverde paulista foram marcados ainda no primeiro tempo por dois ex-jogador do Internacional. Aos 13min, com Caio cobrou falta e a bola tocou no gramado enganando o goleiro Saja. Já aos 22min, Rodrigão apareceu na cara do arqueiro argentino e tocou no canto fechando o placar.

Com o resultado, o tricolor gaúcho caiu para a 5ª colocação no Campeonato Brasileiro com 48 pontos e deixou o G-4. Já o Palmeiras subiu uma posição e agora faz parte do grupo que estaria se classificando para a Copa Libertadores, tendo somado 50 pontos.

O jogo

A partida começou movimentada, logo com um minuto de jogo, Caio recebeu falta na ponta direita e cobrou forte no canto de Saja, que espalmou para escanteio. Na cobrança, William afastou o perigo. O Palmeiras tomava a iniciativa da partida e aos 4 min Rodrigão recebeu de Valdivia na esquerda, mas o jogador estava em posição de impedimento. Já aos 7min, após cobrança de escanteio, a bola passou por toda a extensão da área, e o centroavante Palmeirense acertou uma “bomba” defendida pelo arqueiro argentino.

O time paulista pressionava, enquanto o Grêmio tentava chegar através dos contra-ataques. Aos 12min, Eduardo Costa chegou fez falta na intermediária em Valdivia e recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo. Na cobrança, Caio chutou forte, a bola desviou no gramado e passou por Saja. 1 a 0. Aos 15min, o Grêmio tentou reagir e logo em seguida, Diego Souza foi derrubado perto da área por Wendel, que também recebeu amarelo. Entretanto, a cobrança foi na barreira.

Aos 18min, a equipe gaúcha chegou no campo do Palmeiras trocando bola, mas em determinado momento Anderson Pico, com o gramado molhado, escorregou, Mesmo assim, o jogador conseguiu passar para Thiego que acabou desperdiçando o lance chutando de longe para fora. Já aos 20min, Sandro Goiano, também de longa distância tenta surpreender Diego, mas sem sucesso.

Entretanto, aos 22min, Rodrigão matou a bola no peito, protegeu a jogada e na seqüência do lance tocou no canto esquerdo de Saja para ampliar o placar. Aos 24min, Anderson Pico se livrou da marcação e tocou na área para Jonas, que cabeceou forte fazendo a bola passar perto do gol do Palmeiras. Aos 26min, Makelele caiu no chão, após uma dividida e teve que receber atendimento médico. Aos 27min, o atacante gremista recebeu pela esquerda dentro da área e tentou o chute, que passou raspando a trave.

O técnico Mano Menezes, no banco de reservas, reclamava muito do posicionamento de Thiego e Anderson Pico. Aos 30min, o centroavante Tuta foi lançado dentro da área, mas mesmo realizando um carrinho não alcançou a bola. Um minuto depois, o atacante tricolor tabelou com Diego Souza, mas na hora de efetuar o cruzamento acabou mandando para as mãos do goleiro palmeirense.

Aos 32min, Caio cobrou nova falta, desta vez mais longe do que a primeira na qual fez o gol e acabou acertando a trave de Saja. Aos 34min, Tuta recebeu na frente e tocou para Jonas que acabou isolando a bola, após dividir com Makelele, que chegou firme no lance. Aos 36min, Rodrigão tocou para Valdivia, que escorou para Caio chutar forte, o que assustou o arqueiro argentino já que passou perto do gol gremista.

Aos 39min, Eduardo Costa lançou Anderson Pico que cruzou para Tuta, porém o atacante perdeu a jogada para Dininho que tocou para escanteio. Na cobrança, após muita confusão o zaga palmeirense afastou. Aos 41min, Tuta recebeu na intermediária, mas desperdiçou ao tentar arriscar de longe.

No final do primeiro tempo, o Grêmio ainda arriscou jogadas com Anderson Pico, que era bem marcado. Já a saída de bola tricolor era abafada pela forte presença dos atacantes do Palmeiras.

O segundo tempo iniciou com alteração no Grêmio. O técnico Mano Menezes retirou o zagueiro Thiego e colocou o atacante Luciano Fonseca. Com isso, Jonas atuava mais recuado ao lado de Diego Souza. No primeiro lance da etapa, Valdivia entrou por cima da bola em Bustos e recebeu cartão amarelo. Aos 4min, Rodrigão recebeu na grande área e chutou forte para boa defesa de Saja.

Aos 6min, Eduardo Costa, que no minuto anterior havia feito belo desarme, acabou tendo que deixar o gramado por causa de dores na coxa direita. Em seu lugar entrou o paraguaio Gavilán. Aos 9min, o zagueiro David não conseguiu evitar o escanteio e na cobrança, Diego Souza escorou de cabeça para Tuta, que em um rápido giro chutou para grande defesa de Diego.

Aos 12min, Sandro Goiano fez falta por trás em Valdivia e recebeu cartão amarelo. Por causa disso ele não enfrenta o Goiás, na próxima rodada. Aos 14min, Luis Henrique arrancou pela direita e na hora de tocar para o atacante chileno acabou errando o passe. Um minuto depois, Anderson Pico cobrou lateral dentro da área, Luciano Fonseca tentou dominar, mas foi desarmado.

O técnico Caio Júnior com o objetivo de segurar o jogo tirou o meia Luis Henrique e colocou o jovem volante Deyvid. O Palmeiras faz o tempo passar tocando a bola nas laterais, sem muita objetividade. Aos 19min, o goleiro Diego Cavallieri recebeu amarelo por retardar a reposição de bola no tiro de meta. Já aos 23min, o chileno Valdivia reclamou junto ao árbitro Hérber Roberto Lopes de que teria sido agredido por Gavilán.

Aos 26min, o volante paraguaio errou um passe que parou nos pés de Rodrigão. O atacante avançou no mano a mano com William, tocou para Caio e recebeu de volta, mas o auxiliar marcou impedimento no lance. O jogo era disputado e de diversas divididas, principalmente envolvendo o atacante chileno do Palmeiras. Aos 29min, Caio avançou pela esquerda, mas antes do cruzamento, Sandro Goiano cortou para lateral.

Aos 33min, Bustos cruzou na área e Tuta cabeceeou para fora. Logo após esses lance os dois técnico realizaram alterações. No Grêmio saiu Jonas para a entrada de Marcelo Labarthe, já no Palmeiras deixou o gramado Rodrigão que foi substituído por William. Aos 35min, Tuta entrou de carrinho em um lance e recebeu cartão amarelo. Alguns jogadores do Grêmio sentiam um forte desgaste físico, principalmente o meia Diego Souza. As poucas chances de gol não chegam a assustar Diego Cavallieri, enquanto do outro lado, os atacante do Palmeiras apenas seguravam a bola. Aos 39min, Léo faz falta forte e recebeu cartão amarelo.

Aos 42min, Deyvid arriscou de longe e por pouco não aconteceu o terceiro gol, porém Saja estava atentou ao lance. O árbitro Hérber Roberto Lopes assinalou mais quatro minutos de acréscimos, sem que aos 46min, Tuta recebeu na área, fez o giro, mas o chute saiu para fora. Antes do término da partida, Luciano Fonseca, por reclamação recebeu também cartão amarelo. No final 2 a 0 para o Palmeiras, que na próxima rodada terá mais um confronto direto, desta vez contra o Santos. Já o Grêmio encara no Estádio Olímpico, o Goiás.

Campeonato Brasileiro 2007
30ª rodada

Palmeiras 2 x 0 Grêmio

Palmeiras
Diego Cavallieri, Paulo Sérgio, David, Dininho (Gustavo) e Valmir; Makelele, Wendel, Caio e Valdívia; Luis Henrique (Deyvid) e Rodrigão (William).
Técnico: Caio Júnior

Grêmio
Saja; Bustos, William, Léo e Thiego (Luciano Fonseca); Eduardo Costa (Gavilán), Sandro Goiano, Anderson Pico e Diego Souza; Jonas (Marcelo Labarthe) e Tuta.
Técnico: Mano Menezes

Gols:
Palmeiras – Caio (aos 13min do 1º tempo) e Rodrigão (aos 22min do 1º tempo)

Cartões Amarelos:
Palmeiras – Wendel, Valdivia, Diego Cavallieri e Gustavo
Grêmio - Eduardo Costa (3º), Sandro Goiano (3º), Gavilán, Tuta, Léo (3º), Luciano Fonseca e Saja

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: sábado, 6 de outubro de 2007
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa/PR)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa/PE) e Márcio Eustáquio S. Santiago (MG)

Nenhum comentário: