domingo, 21 de outubro de 2007

Flamengo 2x0 Grêmio

A rodada não poderia ter sido pior para o Grêmio. Além de perder por 2 x 0 para o Flamengo, com gols de Souza e Ibson, o Tricolor deixou a zona de classificação para a Libertadores e viu a equipe carioca encostar para brigar por uma vaga na competição continental.

A partida teve o maior público do Brasileirão com a presença de 73.881 torcedores no Maracanã.

O Tricolor, que não depende mais apenas de si para ir para a Libertadores, volta a jogar no dia 28, no Olímpico, contra o Náutico.


O jogo

Os dois times entraram em campo bem postados, com as defesas dando poucos espaços aos ataques. O jeito foi arriscar de fora da área. Aos 8min, Marcelo Labarthe tocou de calcanhar para Anderson Pico bater para fora. Não demorou muito e o Flamengo respondeu com Egídio, que após fintar dois adversário, bateu para fácil defesa de Saja.

Diego Souza, de apagada participação, chutou de fora da área, aos 15min, mas Bruno bem posicionado encaixou facilmente. Três minutos depois, foi a vez de Tcheco arriscar de longe, mas a bola passou distante do gol.

Apoiando bastante pelos lados do campo durante todo o jogo, foi assim que o Flamengo abriu o placar. Cristian apareceu de surpresa na ponta direita e cruzou, Patrício tentou afastar, a bola estourou em Léo e sobrou para Souza colocar a bola nas redes do Tricolor.

Com a desvantagem, o Grêmio foi ao ataque. Porém, a pouca velocidade deixava as jogadas da equipe gaúcha previsíveis. O técnico Mano Menezes havia sacado Bustos, para escalar Patrício desde o início da partida e deixar Anderson Pico com menores obrigações defensivas. A estratégia não deu resultados. O lateral-esquerdo pouco apoiou. Após sofrer o gol, Patrício teve que se soltar mais e a produção ofensiva gremista aumentou.

Apenas aos 36min, o Tricolor chegou na área adversária com perigo. Patrício recebeu lançamento pela direita e cruzou, na medida, para Diego Souza, porém, Jonas se intrometeu na jogada, desfazendo o lance de perigo.

Antes do final da primeira etapa, um lance polêmico. Aos 44min, Anderson Pico cobrou falta, a bola bateu na barreira e sobrou para William, que caiu dentro da área. O árbitro Sálvio Espínola, com a visão encoberta, nada marcou.

Para tentar mudar o panorama do jogo, Mano Menezes voltou para a segunda metade de jogo, com o garoto Danilo Rios no lugar de Diego Souza. Logo no primeiro minuto, o guri bateu de fora da área para defesa de Bruno.

O Tricolor voltou com mais ímpeto ofensivo e Anderson pico começou a apoiar com constância. A melhor chance do Grêmio, foi aos 10min, após cobrança de falta, Léo escorou de cabeça e Bruno foi buscar no cantinho e tocar a bola para escanteio.

Com o Grêmio pressionando, a equipe carioca começou a jogar nos contra-ataques e a partida ficou eletrizante. Aos 14min, após falha da defesa do Grêmio, Souza bateu prensado e desperdiçou chance. No lance seguinte, não teve escapatória, Ibson tocou para o argentino Maxi na ponta esquerda, o baixinho cruzou para o próprio Ibson que fez o 2 a 0.

A solução encontrada pelo técnico gremista para tentar ao menos o empate, foi colocar Marcel no lugar de Jonas, de fraca atuação, e Sandro na vaga de Nunes. A mudanças não surtiram o efeito esperado. Com dois centroavantes em campo, o Grêmio abusou dos cruzamentos da intermediária, que invariavelmente ficavam ou na mão do goleiro Bruno ou eram rebatidos pela defesa carioca.

Após sofrer o segundo gol, o Tricolor só levou perigo aos 28min, após cruzamento rasteiro da direita, Marcel fez o corta-luz e Tcheco encheu o pé para grande defesa de Bruno. Depois, disso as forças do Grêmio parecem ter se esgotado e o time gaúcho levou pouco perigo à equipe rubro-negra.

Apesar da vantagem no escore, o Flamengo seguia levando perigo. Aos 30min, Souza cabeceou no travessão.

O maior público desta edição do Brasileiro foi ao delírio com a entrada de Obina aos 33min, no lugar de Souza. O carismático centroavante entrou em campo com a camisa número 100, alusiva ao seu centésimo jogo pelo Flamengo. Na sua primeira participação, ele bateu cruzado obrigando Saja a fazer difícil defesa. O goleiro argentino ainda teve que salvar o Tricolor novamente em um chute a queima roupa de Renato Augusto da risca da pequena área.


Ficha técnica
Campeonato Brasileiro 2007
32ª rodada

Flamengo 2 x 0 Grêmio

Gols: Souza (F) 25/1ºT e Ibson (F) 15min/2ºTCartões Amarelos: Fábio Luciano, Souza e Cristian (F) Marcelo Labarthe (G)

Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (SP)
Data: domingo, 21 de outubro de 2007Público: 73.881Renda: R$ 617.870

Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho (SP/FIFA)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Jr. (SP) e Rogério Carlos Rolim (PR)


FLAMENGO
Bruno; Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Egídio; Cristian (Léo Medeiros), Ibson, Toró e Jaílton; Maxi Biancucchi (Renato Augusto) e Souza (Obina).
Técnico: Joel Santana


GRÊMIO
Saja; Patrícios, Léo, William e Anderson Pico; Nunes (Sandro), Marcelo Labarthe, Tcheco e Diego Souza (Danílo Ríos); Jonas (Marcel) e Tuta
Técnico: Mano Menezes

Nenhum comentário: