quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Atlético PR 2x0 Grêmio

O Grêmio entrou em campo nesta quarta-feira no Kyocera Arena com a intenção de pelo menos conquistar um empate. Entretanto, o time do técnico Mano Menezes acabou perdendo por 2 a 0 para o Atlético-PR, em uma partida que teve de tudo. Os dois gols da equipe paranaense aconteceram no segundo tempo com Ferreira, aos 4 minutos e Michel, aos 37 minutos. O destaque negativo da partida foi a atuação do árbitro Wagner Tardelli, que expulsou Tcheco, mas não fez o mesmo com o goleiro Viáfara e não conteve as brigas constantes entre os jogadores que foi parar no vestiário.

O jogo

A partida começou movimentada em coisa duas faltas do Grêmio cometidas antes do primeiro minuto. Após a cobrança de Netinho, Claiton perdeu o lance e quase arrumou um contra-ataque para o time gaúcho. Aos 2min, Marcel recebeu na lateral, dominou a bola na entrada da área, mas Valencia cortou. Um minuto depois, o Atlético-PR chegou com Jancarlos, que tentou lançar Ferreira, mas a zaga tricolor afastou.

Aos 4min, Tcheco cobrou escanteio, Viáfara saiu errado, a bola sobrou para William, mas o chute saiu prensado na zaga. Aos 5min, Jancarlos cruzou na área e por pouco Marcelo Ramos de peixinho não completou para o gol. A equipe paranaense ia sempre forte pela direita e com Jancarlos, que aos 6min fez novo cruzamento e Léo, bem posicionado, tirou o perigo.

Aos 7min, Tuta arriscou, após passe de Diego Souza, e a bola bateu em um marcador e foi para escanteio. Na cobrança, Diego Souza cabeceou para fora. Aos 10min, Marcelo Ramos recebeu em condições legais na entrada da área e acabou derrubado por William, que recebeu cartão amarelo. A falta foi cobrada dentro da meia lua e Netinho tocou no canto de Saja, que fez boa defesa.

Aos 12min, Sandro Goiano encontrou Tcheco na entrada da área, o meia tricolor passou para Marcel, mas Danilo cortou a jogada. Aos 14min, Patrício subiu pela primeira vez ao ataque, mas sem sucesso foi desarmado por Michel. Um minuto depois, o lateral gremista cruzou da intermediária e Antonio Carlos cortou, no contra-ataque, o colombiano Ferreira driblou Sandro Goiano, que ficou no chão, mas em vez de fazer o passe tentou fazer mais um lance de efeito e acabou desarmado.

Aos 17min, Netinho cobrou falta para dentro da área e William cortou para escanteio. Na cobrança, Marcel afastou parcialmente. Na seqüência do lance, Claiton tentou Marcelo Ramos pelo alto e Patrício tirou para escanteio, porém desta fez, a zaga cortou sem perigo para o Grêmio. O jogo era muito disputado pelo alto e os dois ataques buscavam o cruzamento para a área adversária. Aos 21min, Jancarlos cruzou e Léo cortou novamente.

Aos 23min, Marcel veio buscar bola no meio de campo e acabou recebendo a falta, na hora de levantar, o jogador reclamou do lateral Patrício, que não estava no apoio. Um minuto depois, após um passe errado do zagueiro Danilo, que tentava o ataque, Tcheco lançou Tuta, mas o centroavante estava impedido. Aos 25min, Diego Souza fez jogada individual, mas na hora de entra na área acabou perdendo o tempo da bola.

Aos 27min, após varias tentativas pelo alto, a bola sobrou com Ferreira, que arriscou de longe, passando perto do gol de Saja. Um minuto depois, Marcel recebeu no comando do ataque e acabou derrubado pelo colombiano Valencia, que recebeu cartão amarelo. Na cobrança da falta, melhor que um escanteio, Tcheco tocou para a área, mas Rhodolfo tirou. Aos 30min, Bustos cobrou lateral direto para a grande área, mas a zaga atleticana afastou.

O zagueiro Antonio Carlos saiu de campo mancando e o técnico Ney Franco colocou Rogério Correa. Aos 34min, O Atlético-PR marcou o primeiro gol da partida, mas o lance foi anulado pelo árbitro Wagner Tardelli, que anotou impedimento no lance. O curioso na jogada é que a bola antes de chegar ao meia Netinho havia batido no juiz, enganando a zaga gremista. Aos 35min, Ferreira cruzou fechado e Saja interceptou.

Aos 37min, o goleiro Viáfara furou feito e o atacante Marcel ficou com a bola, mas sem ângulo, ele chutou para o gol. A bola caprichosamente passou por cima de toda a linha do gol e saiu. Já aos 39min, Netinho chutou de longe e cavou escanteio. Um minuto depois, Diego Souza quase marcou após cobrança de escanteio, mas não chegou a tempo de finalizar. Aos 42min, Tcheco tocou para Bustos, que cruzou antes da bola sair para a linha de fundo, para Tuta que escorou para Sandro Goiano, que acabou chutando para fora.

Aos 44min, Sandro Goiano tocou para dentro da área tentando Tuta, mas o centroavante acabou desarmado. Na resposta atleticana, Michel cobrou falta da intermediária, mas a bola estourou na barreira. Final do primeiro tempo nada de gols, mas uma partida bastante movimentada.

A segunda etapa iniciou com o Grêmio chegando forte ao ataque e com uma alteração no tricolor, com a saída de Tuta para a entrada de Jonas. Aos 2min, Patrício cobrou lateral, a bola sobrou na área para Marcel, que tentou uma meia bicicleta, mas o árbitro paralisou o lance. Um minuto depois, Diego Souza arriscou de longe e Viáfara defendeu. Aos 4min, foi a vez do Atlético-Pr chegar com Jancarlos, que tocou para Ferreira. O colombiano driblou o zagueiro William e chutou cruzado, sem chances para Saja.

Com 1 a 0 no começo da etapa final, os paranaenses não seguraram o resultado e continuaram no ataque. Aos 6min, o arqueiro argentino tentou sair jogando rápido e errou, mas o Ferreira acabou desperdiçando a chance. Aos 8min, Marcel dominou dentro da área, mas acabou perdendo o lance na hora da conclusão. Aos 10min, Ferreira, grande destaque da partida, recebeu na linha de fundo, mas na hora do cruzamento foi marcado impedimento.

Aos 13min, Tcheco cobrou falta dentro da área, Valencia cortou e na sopra Jonas chutou forte e a bola passou perto do gol paranaense. Aos 15min, Netinho tocou para dentro da área de Saja, mas com muita força. Aos 18min, Tcheco tentou jogada individual na linha de fundo e ao ver o juiz marcar tiro de meta reclamou pedindo o escanteio. Na seqüência ele reclamou e levou o cartão amarelo, com isso, o capitão tricolor voltou a reclamar e levou o vermelho.

Com a expulsão de Tcheco, o técnico Mano Menezes retirou o centroavante Marcel e colocou o peruano Hidalgo. Aos 20min, Netinho cobrou escanteio e Saja afastou. Um minuto depois, Ferreira cruzou para Marcelo Ramos, que por muito pouco não fez o segundo dos paranaenses. O árbitro Wagner Tardelli parou o jogo por um instante para pedir que o comandante gremista parasse de reclamar, chegando a dizer que esse seria o primeiro e último aviso. Na seqüência, o juiz em vez de recomeçar a partida, acabou expulsando o médico do Atlético-PR, que atravessou o gramado sem autorização.

Aos 27min, Mano Menezes fez a sua última alteração tirando o lateral-direito Patrício e colocando o atacante Luciano Fonseca. O Grêmio tentava, mesmo com um jogador a menos, ir ao ataque com rapidez, mas acabava se expondo ao contra-ataque. Aos 30min, Diego Souza recebeu falta na frente, o juiz não marcou e na seqüência o meia tricolor derrubou Ferreira no campo gremista e acabou recebendo cartão amarelo.

Aos 32min, o técnico Ney Franco faz as suas duas restantes alterações tirando o zagueiro Rogério Correa, que saiu insatisfeito, e o atacante Marcelo Ramos, para as entradas de Evandro e Alex Mineiro. Aos 34min, Bustos cobrou lateral em direção a Jonas, que prensado chutou fraco para a defesa de Viáfara. Aos 37min, o Atlético-PR tocou bem a bola desde o meio campo, sem que o Grêmio chegasse nela, na conclusão do lance, Michel acertou um forte chute sem condições de defesa para Saja.

Aos 39min, Claiton acertou uma cotovelada em Eduardo Costa e o tempo fechou entre o ex-colorado e o meia Diego Souza, porém a turma do deixa disso chegou para apartar. Como conseqüência, o árbitro deu cartão amarelo para Claiton. Um minuto depois, quem recebeu o amarelo foi Sandro Goiano que fez falta em Netinho e discutiu com o volante do Atlético-PR.

Ao final do jogo, muitas faltas e a comemoração da torcida que a toda hora provocava os jogadores do Grêmio. Por outro lado, o resultado fez com que o Atlético-PR, praticamente confirmasse a sua classificação na Copa Sul-Americana. Já o Grêmio continua fora do grupo que estaria na Libertadores em 2008.

Campeonato Brasileiro 2007
34ª rodada

Atlético-PR 2 x 0 Grêmio

ATLÉTICO-PRViáfara; Danilo, Antônio Carlos (Rogério Correa) (Evandro), Rhodolfo; Jancarlos; Valencia, Claiton, Netinho e Michel; Ferreira e Marcelo Ramos (Alex Mineiro).

Técnico: Ney Franco

GRÊMIOSaja; Patrício (Luciano Fonseca), Leo, William e Bustos; Eduardo Costa, Sandro Goiano, Diego Souza e Tcheco; Marcel (Hidalgo) e Tuta (Jonas).
Técnico: Mano Menezes

Gols:
Atlético – PR – Ferreira (aos 4min do 2º tempo) e Michel (aos 37min do 2º tempo)

Cartões Amarelos:
Atlético-PR – Valencia, Viáfara e Claiton.
Grêmio - William, Tcheco, Diego Souza e Sandro Goiano.

Cartão Vermelho
Grêmio - Tcheco

Local: Kyocera Arena, em Curitiba (PR).
Data: 31 de outubro de 2007
Árbitro: Wagner Tardelli (Fifa/SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Helberth Costa Andrade (MG)
Sandro Goiano que discutiu com o volante do Atlrdo Costa e o tempo fechou entre o ex-colorado e o meia Diego Souza, por dizer

Nenhum comentário: