quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Saja o nº 1

Goleiro argentino tem o carinho da torcida, ele chegou no Grêmio há pouco mais de nove meses, mas para o torcedor, é como se o goleiro Saja vestisse a camisa número 1 do time há tempo. Já nos primeiros jogos que disputou como titular da equipe, no Campeonato Gaúcho, em fevereiro, o arquero ganhou a confiança do técnico Mano Menezes e mais que isso, virou ídolo da torcida gremista.
O goleiro argentino, que adaptou-se muito bem ao Tricolor e a Porto Alegre, é um jogador que sempre atendeu muito bem à imprensa e especialmente aos torcedores, sem nunca deixar um pedido sem ser atendido. É comum, ao final dos treinamentos, acompanhar Saja distribuindo autógrafos e posando para fotografias. Sempre sorridente e atencioso com todos. E na noite da última terça-feira, o dono do gol gremista não fugiu à regra.

No encontro promovido pelo consulado de Guaíba, que contou também com a presença do presidente Paulo Odone, do assessor da presidência, Alfredo Oliveira, do membro do Conselho de Administração, Eduardo Antonini e do lateral Bustos, Saja, durante duas horas, atendeu incansavelmente aos torcedores que o procuravam, dando demonstrações de ser um ídolo também por sua postura fora dos gramados.

Nenhum comentário: