sábado, 8 de setembro de 2007

Cruzeiro x Grêmio

Cruzeiro e Grêmio, segundo e sexto colocados, respectivamente, se enfrentam no Mineirão, neste sábado, às 18h10, no Mineirão, com perspectivas diferentes. O time celeste confia em sua força como mandante para manter a vice-liderança no Brasileiro, mantendo-se na condição de principal perseguidor do líder São Paulo. Já o Tricolor gaúcho terá de superar sua fragilidade como visitante para somar os três pontos, que poderão levá-lo ao ambicionado G-4.
Após perder a invencibilidade de nove jogos, na derrota para o Juventude, por 1 a 0, na quarta-feira, o Cruzeiro tentará diante do Grêmio a sua sexta vitória seguida no Mineirão. O time celeste tem aproveitamento de 66,66% em seus domínios e quer mais uma vez fazer o dever de casa para tentar se aproximar do São Paulo, que abriu vantagem de nove pontos. O clube mineiro tem um jogo a menos que o líder, condição que será igualada na próxima quarta-feira, quando visita o Flamengo, no Maracanã. O São Paulo pega o Vasco, em São Januário, no sábado.
Para vencer o Cruzeiro, o Grêmio, que tem 38 pontos - quatro a menos que seu adversário -, terá de superar a dificuldade de jogar longe de casa. "Por característica, nossa equipe não encaixa o contra-ataque. Não somos um time adequado para jogar dessa forma", admitiu o técnico Mano Menezes. Dos 36 pontos conquistados até agora, 26 foram em casa, aproveitamento de 72%. Longe do Olímpico, o desempenho é de apenas 33%, com três vitórias e três empates. Os técnicos Dorival Júnior e Mano Menezes, ambos suspensos, dependem dos seus artilheiros para definir seus times. Alecsandro, que marcou nove gols no Brasileiro, sofreu uma forte pancada no tornozelo direito contra o Juventude e será reavaliado neste sábado. Se não tiver condições, entrará Roni. O Grêmio, por sua vez, aguarda por Tuta, que marcou sete vezes e sofreu uma pancada no joelho esquerdo, no treino da manhã desta sexta-feira.
O atacante fará tratamento até a hora do jogo e deve atuar. Mano Menezes, no entanto, não terá os laterais Hidalgo e Bustos, que servem às seleções do Peru e da Colômbia, respectivamente, e o meia Marcelo Labarthe, que cumpre suspensão por sua expulsão contra o Vasco. O atacante Marcel, que recupera-se de cirurgia de apendicite também está fora, o mesmo acontecendo com o meia Kelly, que torceu o joelho. Será o terceiro jogo sem Mano no banco e com Sidnei Lobo.
O Cruzeiro, que pela quarta vez seguida não terá Dorival Júnior no banco e será comandado por Ivan Izzo, existem ausências também. Os zagueiros Emerson e Thiago Martinelli e o lateral-direito Jonathan levaram o terceiro amarelo em Caxias do Sul e cumprem suspensão. O zagueiro Thiago Heleno e o lateral-esquerdo Fernandinho, recuperados de contusões estão de volta. Léo Fortunato será o outro zagueiro.
Cruzeiro x Grêmio
Data: 8/9/2007 (sábado)
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Horário: 18h10
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes:Rogério Rolim (PR)e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cruzeiro
Fábio, Mariano, Léo Fortunato, Thiago Heleno e Fernandinho; Ramires, Charles, Maicosuel e Wagner; Alecsandro (Roni) e Marcelo Moreno
Técnico: Ivan Izzo

Grêmio
Saja; Patrício, William, Léo e Anderson Pico; Eduardo Costa, Sandro Goiano, Tcheco e Diego Souza; Ramon e Tuta
Técnico: Sidnei Lobo

Nenhum comentário: