domingo, 8 de julho de 2007

Galo não perdeu e sim o Grêmio venceu

O Atlético Mineiro perdeu por 1 a 0 para o Grêmio na tarde deste sábado, no Mineirão, em um jogo fraco tecnicamente, com raras oportunidades de gol e muita disposição física na marcação.
Com o resultado, o Galo chegou ao quarto jogo sem vitória (foram dois empates e duas derrotas) e ocupa a 12ª colocação. Já o Grêmio vive situação oposta. A vitória ampliou a seqüência de jogos invictos, agora são quatro, e o Tricoor Gaúcho fica com a quinta posição, com um ponto a menos que o Palmeiras, quarto.
Os únicos momentos de real perigo aconteceram no ínicio da partida, em um chute de Tchô, e no final em um lance que Diego Souza aproveitou que a zaga alvinegra bateu cabeça e fez o único gol do jogo.
Os poucos torcedores que foram ao Mineirão, devido ao protesto da torcida organizada galoucura contra o alto preço dos ingressos, presenciaram um primeiro tempo muito ruim na parte técnica. A marcação de ambas as equipes prevaleceu sobre o toque de bola e por muitas vezes os chutões eram necessários. O Atlético começou dominando as ações e não deixou o Grêmio sair do campo de defesa. Logo aos 5 minutos Danilinho fez boa jogada pela direita e tocou para trás, Tchô chutou tirando do goleiro Saja, porém Patrício salvou em cima da linha. O Galo continuou pressionando até os 20 minutos quando Luisinho Netto fez um cruzamento que atravessou toda a pequena área gremista sem ninguém para concluir. A partir daí, a torcida atleticana perdeu a paciência com o centroavante Vanderlei e pediu a entrada do xodó Paulo Henrique.
O jogo ficou truncado e nenhuma equipe levou perigo a meta adversária. O Grêmio arriscava alguns chutes de longe, mas não chegavam a assustar o goleiro Diego. Por sua vez o Atlético tentava furar o bloqueio gremista com o toque de bola, mas sem resultado. Os passes errados se multiplicavam assim como as faltas e o primeiro tempo terminou sem nenhum brilho.
No segundo tempo, ambos os times continuaram a pecar nos passes e o jogo ficou limitado na tentativa de mudar o placar através de jogadas de bola parada. Mano Menezes tentou mudar o panorama do jogo colocando Kelly e Nunes nos lugares de Sandro Goiano e Everton. Zetti resolveu atender os pedidos da massa atleticana e tirou Vanderlei, muito vaiado, para a entrada do garoto Paulo Henrique que logo no primeiro lance perdeu uma oportunidade incrível.
No fim do jogo o Grêmio conseguiu um gol após jogada individual de Diego Souza em que o meia passou por quatro defensores atleticanos e chutou no canto direito de Diego. O gol encerrou uma escrita de 23 anos sem vitória do Grêmio em Belo Horizonte e ainda conseguiu seu primeiro triunfo fora de casa no atual Campeonato Brasileiro.
Na próxima rodada o Atlético-MG vai a Recife enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro, buscando a reabilitação. Já o Grêmio recebe, no Olímpico, o Palmeiras, tentando manter a boa fase.
FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG x GRÊMIO
Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 07/07/2007, sábado, as 16h (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP)Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Nilson de Souza Monção (SP)
Renda e público: 169.445,50 - 13458 pagantes
Cartões amarelos: Diego Souza,Lúcio e Saja(GRE) / Danilinho, Renan, Bilu e Marcos(ATL)Cartões vermelhos: Gols: Diego Souza 42´/2°T
ATLÉTICO-MG: Diego, Luisinho Netto(Amilton, 33´/2ºT), Lima, Marcos e Thiago Feltri(Germano, 38´/2ºT), Renan, Rafael Miranda, Tchô e Danilinho, Éder Luís e Vanderlei (Paulo Henrique, 16´/2ºT). Técnico Zetti.
GRÊMIO: Saja, Patrício, Schiavi, William e Bruno Teles (Thiego, 5´/1ºT), Gavilan, Sandro Goiano (Kelly, 6´/2ºT), Diego Souza e Lúcio, Everton (Nunes, 15´/2ºT) e Ramon. Técnico: Mano Menezes.

Nenhum comentário: